how to build your own website

                Orientação aos Professores quanto ao
                TRANSTORNO DE PROCESSAMENTO                                 AUDITIVO CENTRAL (TPAC)

Sabemos que crianças e adolescentes com DPAC perdem muitas informações importantes para sua aprendizagem por causa dos ruídos ambientais existentes nas escolas, que competem com a fala do professor.

Apesar de toda a assistência que o fonoaudiólogo pode oferecer a uma criança com DPAC, a estimulação em casa e alguns cuidados especiais na escola são de fundamental importância.

Sugerimos, então, alguns cuidados básicos e importantes a serem tomados em sala de aula:

• Realizar provas em ambiente silencioso e com poucos estímulos auditivos/visuais, e, se necessário, ter mais tempo na realização.

• O nível de ruído em sala de aula deve ser o mínimo possível;

• No mapeamento de sala de aula, sentar a criança próxima ao professor, longe de paredes, portas, janelas, corredor e ruídos de rua ou do pátio da escola;

• Certificar-se se a criança está atenta, antes de começar a ensinar, chamando-a pelo nome, ou tocando-a levemente;

• Falar próximo a criança, de frente para ela. À medida que melhore seu processamento auditivo, aumentar gradativamente a distância;

• Articular bem as palavras e aumentar a intensidade da voz, sem, entretanto gritar;

• Na explicação da matéria, falar com frases curtas, devagar, com entonação vocal rica;

• Esteja seguro de que a criança saiba do que está sendo falado;

• No final da apresentação, garantir que a matéria dada foi compreendida, argüindo-a com discrição;

• Permitir que a criança, nas tarefas e provas faça uma leitura oralmente em volume baixo, para não prejudicar as demais. Se possível, leia junto com a criança e facilite a compreensão do enunciado, caso ela sozinha não conseguir. Com o feedback auditivo, a sua concentração e atenção será melhor;

• As crianças com DPA, frequentemente, necessitam de anotações organizadas e de lembretes;

• Fazer intervalos mais freqüentes, pois insistir no ensino de uma criança cansada implica na frustração do professor e do aluno. As crianças com DPA despendem mais esforço para prestar atenção e entender a sua fala;

• Provavelmente a criança terá dificuldade em sequencializar. Use palavras-chaves como: primeiro, por ultimo, antes, depois.... nas tarefas orais e escritas, assegurar-se de que ele tenha bem organizada a sequência lógica dos acontecimentos (inicio, meio e fim).

Fonte: Distúrbio de Processamento Auditivo, o que é?, 2º edição, Booktoy


Mobirise
Endereço

Rua Amazonas, 363- sala 17
1º Andar - Centro
São Caetano do Sul - SP

Contato

contato@lumefono.com.br 
(11) 97080-5932